Terça-feira, 15 de Março de 2011
Considerações Técnicas

 Com a finalidade de avaliar a viabilidade técnica de cada requisito funcional, procedemos a alguma pesquisa e ponderação sobre os recursos a ter em consideração no desenvolvimento futuro da aplicação.

 

 

Base de dados:

Existe a necessidade de alojar as informações inerentes tanto às obras/peças dispostas na aplicação como também dos utilizadores, tal como os seus comentários, reports, percursos, etc. Como tal, é necessária a escolha de uma base de dados a utilizar. No entanto, visto que a aplicação deve poder ser utilizada quando o utilizador se encontrar tanto online como offline, é importante que as informações a apresentar ao utilizador offline se encontram alojadas localmente.

Como tal, consideramos que a opção mais viável será a exportação de tabelas expecíficas da base de dados online para um ficheiro XML, que por sua vez sirva de base de dados local quando o utilizador assim o necessitar.

Visto que os custos do desenvolvimento do projecto devem ser os mais baixos possível, optámos pela utilização de uma base de dados MySQL.

Ao aceder a um hotspot com WiFi, ou mesmo nas áreas expecíficas para a actualização da aplicação encontradas em museus, por exemplo, o utilizador terá a oportunidade de importar um XML com informação actualizada encontrada na base de dados, sendo que a poderá consultar sempre que quiser.

 

Resumo:

Base de dados MySQL (para uso online)
Ficheiro XML importado para o dispositivo movel (para uso offline)

 

 

Desenvolvimento da aplicação:

Apesar de nos encontrarmos ainda na fase dos requisitos funcionais, achámos bastante importante começar a pesquisa por mecanismos e ferramentas que nos facilitassem a tarefa de desenvolver uma aplicação para um dispositivo móvel, com o objectivo de passar mais tempo futuro em debugging e em melhorias ao invés de uma fase de aprendizagem que pudesse boicotar tempo precioso.


Para isto, houve dois pontos aos quais démos mais importância:

1) Será necessário aprender uma nova linguagem de programação ou poderemos utilizar os conhecimentos já adquiridos?

2) Como fazer a interligação entre o leitura do código QR e a nossa aplicação?

 

1) Visto que existe alguma disputa entre principais sistemas operativos móveis, é raro que haja de facto uma escolha sobre que sistema operativo utilizar (iOS, Android, Blackberry, Windows Mobile...). Para ultrapassar este obstáculo, as equipas de desenvolvimento de aplicações móveis optam frequentemente por utilizar frameworks. Estas frameworks têem como função a exportação de um código único para várias plataformas distintas, permitindo assim uma única programação ao invés de 2 ou 3 distintas.

Visto que as tecnologias e linguagens aprendidas até agora são bastante conhecidas e utilizadas (HTML, CSS, JavaScript, AJAX, PHP...), partimos em busca de frameworks que nos permitissem utilizar esses conhecimentos e exportá-los para Android e/ou iOS 4.

Eis algumas opções encontradas:

Corona SDK - http://www.anscamobile.com/corona/ (pref.)

Sencha - http://www.sencha.com/

JQTouch - http://jqtouch.com/

PhoneGap - http://www.phonegap.com/

Titanium AppCelerator - http://www.appcelerator.com/ (Não permite a utilização do SDK de Android mais recente)

 

2) Para a interligação entre a aplicação e o leitor de código QR, recorremos a um forum português de desenvolvimento para android: http://www.androidpt.com .

Para o efeito pretendido, foi-nos aconselhada a escolha entre duas abordagens:

2.1) Invocar uma aplicação de leitura de códigos QR dentro da nossa aplicação e retornar o ID descodificado do código QR em questão, de modo a dispor as informações correctas ao utilizador;

2.2) Utilização do ZXing (Zebra Crossing) para o mesmo efeito, sendo que não seria necessária a utilização de qualquer software adicional para além da nossa própria aplicação, pelo que, muito provavelmente, será a abordagem que iremos adoptar no desenvolvimento do projecto.

 

ZXing (Zebra Crossing)

URL: http://code.google.com/p/zxing/

O ZXing é uma biblioteca de código open-source para processamento de códigos de barras 1D ou 2D e suporta a descodificação do código QR, tal como pretendemos.

Segundo um dos administradores da comunidade portuguesa anteriormente referida, o ZXing é a biblioteca de leitura de códigos QR mais utilizada no desenvolvimento de projectos para Android, devido, essencialmente, à facilidade da sua integração.




.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
17
18

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Mobile Tourist Guide / se...

. Back Office

. Reunião de grupo – 13.06....

. Módulo 6 - testes

. Módulo 6 – Versão beta

. Testes de usabilidade

. versão beta e testes – au...

. Actualizações – testes

. Ponto de situação – OT 01...

. Versão beta e testes – au...

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds